Coney Island e NY Aquarium

Dia 3 (segunda) foi feriado aqui em NY pelo dia do trabalhador (labor day em inglês), aí aproveitei que não ia ter aula pra fazer o passeio pra Coney Island, que é mais distante. Saindo daqui de casa eu peguei a linha 1 pra Times Square e  de lá a Q (poderia ser a N também, ambas da linha amarela) pra Coney Island. A viagem é longa, mas é tranquila. Quando você chega no Brooklyn, o metrô começa a viajar nos trilhos a céu aberto, aí dá pra ter uma vista legal de Manhattan nessa horinha. Acho que ao todo a viagem foi de 1 hora no máximo, mas você nem sente. Chegando lá, eu vi o quanto a temperatura pode mudar de um minuto pro outro aqui em NY. Tudo bem que o dia não tava muito bonito e tava ameaçando chover, mas pelo menos tava aquele calor de sempre… já em Coney Island, o vento tava rolando com tudo. Tava um frio arretado e eu com um vestido de alça que não dava pra esquentar nem pensamento. O céu tava cinza, o mar escuro, mas mesmo assim a galera tava lá, firme e forte, tomando banho nas águas geladas do Atlântico e curtindo a praia como se fosse verão em Recife, na praia de BV (só que não!).

A estação do metrô é na verdade o terminal das linhas Q e N no sentindo Downtown-Brooklyn e a estação fica em frente à área, digamos, nobre de Coney Island. É só sair, atravessar a rua e você já vê o Nathan’s de um lado, o parque de Coney Island do outro e andando um pouco mais, você chega na orla. Eu ainda tive chance de pegar uma free market (feira de rua) aonde tinham alguns artesanatos e bugingangas e consegui comprar 3 brinquinhos lindos a 1 dólar cada (tudo jóia verdadeira hehehe). Entrando na boardwalk (orla) e virando a esquerda, você já vê logo as várias lanchonetes e lojinhas tradicionais do lugar, como o Nathan’s, que é o mais antigo e famoso hot dog de NY, além da entrada pro parque (com a montanha russa mais antiga e alguns brinquedos tradicionais).

O lugar é lotado e, claro, a escolha preferida dos clientes é o hot dog (que tem vários estilos, do tradicional ao picante). Como não tem muitas mesinhas e cadeiras pra você sentar e comer, a opção é ir pras pontinhas da orla, sentar no chão mesmo (que é uma plataforma de madeira) e comer por ali, ou comer em pé nos balcões que eles colocam na frente da lanchonete. Comi um tradicional hot dog, com batata-frita deli e refri. Tava comendo sozinha no balcão e chegou uma família enorme de negros pra comer do meu lado, aí resolveram me adotar e ficaram conversando comigo até eu terminar o almoço, enfim, conversa vai, conversa vem, eu perguntei a um deles se o tempo era sempre assim no começo de setembro e eles disseram que varia, que tem vezes que mesmo sendo final de verão fica o maior sol e o maior calor e tem vezes que fica como naquele dia, cinza, frio e escuro, mas que pode ser por causa de atividades vulcânicas não sei aonde. Ou seja, fui amaldiçoada de ir no clima frio, mas o passeio valeu a pena. Fiquei andando por lá, vendo a galera, curtindo o friozinho (not! hehehe) e tirando algumas fotos e depois resolvi ir embora, porque não tinha mais o que fazer e eu tava congelando.

Nathan’s da orla

Parque de Coney Island

Na ida pra Coney, eu vi que a penúltima parada do metrô Q era no NY Aquarium, aí pedi pra Dedé pesquisar na internet se tava aberto e quanto era a entrada pra adultos e como tudo conspirou a favor, resolvi ir. O Aquarium não é tão grande, mas tem uns peixes legais de se ver e tem uma parte toda dedicada as focas, leões marinhos e pinguins que é bem interessante. Acho que a menor piscina é a dos tubarões, porque não tem grandes variedades e eles ficam todo juntos no mesmo local. Mesmo assim foi legal o passeio. Ainda fiquei até mais  tarde um pouco e consegui ver as apresentações com os leões marinhos. Muito fofo!

Peixes do Brasil

Dori procurando P. Sherman 42 Wallaby Way, Sydney

Osbourne se apresentando

De lá peguei o Q de novo e parei na Times Square pra ir na Walgreens ver se tinha os remédios de painho e mainha. Comprei algumas coisas (menos os remédios :P) e jantei no Starbucks, porque a maioria dos lugares com comida mais saudáveis tavam fechados e eu não queria fast food, daí foi lá mesmo. Voltei pra casa, fiz umas atividades da escola e fui dormir super satisfeita com meu dia 😀

Anúncios