Pontos turísticos e compras

No sábado (dia 25) resolvemos acordar cedo pra aproveitar mais o dia. Saímos de casa e fomos direto pra South Ferry pegar o boat que sai de Manhattan pra Staten Island e que passa pertinho de lá. A vantagem desse ferry é que ele é transporte público, então sai de graça, mas se você quer realmente ver a estátua de perto, tirar foto com ela ao fundo e demorar mais um tempinho admirando o babado todo dentro da própria ilha aonde ela fica, é melhor ir pelo esquema que paga, porque o ferry tanto pode passar perto dela, como pode fazer uma rota mais distante. Normalmente, ele passa longe na ida e na volta se aproxima, mas pra nossa maldição, ele passou longe nos dois sentidos 😦 Deu pra tirar umas fotinhas dela, mas não com ela ao fundo. Por mim tudo bem, porque prefiro gastar meu dinheiro com outras coisas em vez de ir ver a estátua de perto.

Estátua da Liberdade (o mais perto que chegamos)

Visão de Manhattan no ferry boat

De lá a gente pegou o metrô de novo e fomos pro Brooklyn pra conhecer a famosa ponte, caminhar e tirar algumas fotos nela. O local aonde fica a ponte eu achei meio feinho, muito cinzento e com cara de abandonado, mas a gente não ficou no Brooklyn pra explorar as coisas legais. Eu sei que todo mundo fala bem do museu de lá e o pessoal costuma ir pra o East River Park em Williamsburg, que é bem famoso. Fica na costa e tem feirinha de vez em quando (acho que nos fins de semana). O que achei legal da ponte é que realmente é um passeio interessante de se fazer e se você for até Manhattan, acho que chega no Píer 17. Também achei legal que tem uma faixa pra walkers e outra pra ciclistas e dia de sábado a galera saudável vai toda pra lá correr ou andar de bicicleta até o outro lado e voltar.

Brooklyn Bridge

Pegamos o metrô de volta e foi pra Herald Square fazer umas compritchas. Primeiro fomos na Macys, mas nem demoramos muito lá, primeiro porque Bruna não conseguiu achar o relógio e óculos que ela queria, segundo porque era uma bagunça e eu fiquei com preguiça de andar. Saímos e fomos direto pra Forever 21, lá conseguimos fazer ótimas compras. Blusinhas, vestidos, bolsa… tudo num precinho amigo. Depois fomos pra loja da Fossil que é alguns metros depois comprar nossos relógios (e tem óculos, bolsas e carteiras lindos).

A gente tinha pensado em fazer o pub crawl de noite, tava tudo certo e estávamos super animadas, mas quando chegamos em casa, a preguiça bateu bonito e a gente desistiu de ir pra descansar e acordar cedo no outro dia. Acabamos indo jantar no French Roast, um restaurantezinho francês 24h que fica aqui na esquina e que tem breakfest, brunch, almoço e jantar. Pedimos aquela velha garrafinha de vinho pra criar o clima e comemos uma comida simples, mas deliciosa. O brownie é muito bom, comemos com gosto. Foi ótimo!

French Roast

Bruna – French Roast

Anúncios