Times Square, Central Park e MET

Hoje o dia foi todo só pra mim (literalmente, já que saí sozinha). Acordei tarde, tomei um banho e fui comprar um ventilador pro meu quarto na loja aqui perto (USD15,00 um ventilador, dá pra acreditar?). Depois fui na Duane Reade (farmácia daqui que tem de tudo) e comprei sabão pra lavar as roupas e canetinha tira mancha (não funcionou no meu vestido manchado, mas tudo bem).

Aproveitei que pra ir pro MET ia ter que descer mesmo na parada da Times Square e fui até lá pra conhecer melhor o lugar, ver aonde eram os museus e teatros que eu queria ir e procurar a loja da MAC. Almocei uma fatia de pizza deliciosa em um restaurante chamado Villa e depois fui andando em direção a Brodway. Dia de sábado é loucura lá, viu, LOTADO. A fila do Tkts rolava que era uma beleza, o povo tava todo corajoso pra comprar ingressos mais baratos. Acabei achando uma loja da MAC por lá, mas não foi a grandona famosa, foi uma pequena que no final das contas tinha tudo o que Rafaella e mainha queriam, aí em 15 minutos resolvi minha vida.

Times Square no sábado: lotada!

M&M’s world

Depois eu fui visitar a loja da M&Ms (que lugar mara, viu! Eu não sou muito fã de M&Ms, mas pra quem gosta, é coisa de doido) e depois voltei pra estação e peguei a linha S (shuttle que cruza a cidade de leste a oeste) que ia direto pra linha verde lá na Grand Central Station e de lá eu peguei a 6 e desci bem pertinho da 5a avenida. Fui andando algumas quadras e cheguei no Museum Mile, a parte da avenida que é só de museus. Aproveitei que tava pertinho do Central Park e fui pra lá curtir o fim de tarde e ficar descansando, me passando tirando fotos de mim mesma e ouvindo uma musiquinha esperta no iPod. Depois voltei em direção ao museu olhando a feirinha de artes que tem do lado, na calçada, com pinturas, posters e artesanatos bem legais e bem baratinhos.

Central Park

Feirinha de artes na calçada

O Metropolitan Museum of Arts (MET) é lindo. É um prédio bem antigo e imponente que fica na 5a avenida mesmo e que tem os fundos pro Central Park, lá você tem acesso a tudo o que se possa imaginar de artes do mundo todo, desde a antiguidade, até os dias de hoje. Eu consegui ver o museu praticamente todo, mas antes de chegar na minha parte preferida (do Egito), eu fiquei com enxaqueca e fui embora 😦 Depois vou voltar lá com certeza. O bom é que como a entrada tem preço sugerido (ou seja, você paga o quanto achar que deve), aí não se gasta tanto e você pode voltar de boa. Acho que segunda vou de novo.

MET na 5a avenida

Arte americana: painel da Tiffanys

Depois disso foi o pesadelo da volta pra casa, porque pegar ônibus (pausa: que o máximo é poder usar o cartão do metrô no buzão também, né? Acho digno!) e metrô com enxaqueca, super enjoada não foi nada bacãna. Tive que respirar fundo várias vezes e ficar sentada na estação até conseguir voltar pra casa. Chegando aqui, passei super mal, coloquei tudo pra fora e só fui dormir as 4h da manhã com dor de barriga. Foi punk! Não desejo um piripaque desses sozinha em outra cidade pra ninguém. Mas fui forte 😛

Anúncios