Conhecendo a Kaplan e Century 21

Bom, a segunda foi um dia mais parado. Depois de ter dormindo pouco e mal por causa do calor sufocante do meu quarto, acordei as 7:30 pra começar o meu primeiro dia na Kaplan. A orientação tava marcada pra 9h, mas cheguei 20min atrasada devido a problemas técnicos (lerdeza causada pelo calor). Mas foi de boa, porque a recepção aos novos alunos ia até as 10. Entreguei meus documentos, paguei o valor do livro, preenchi alguns papéis e fui pra uma sala com os novatos da semana receber orientações, conhecer a escola e fazer o teste de nivelamento. Fiquei um pouco tensa, porque descobri que o teste de nivelamento é que ia definir se eu podia fazer ou não inglês pra business. Lá, você só pode fazer alguma dessas matérias específicas se ficar no nível intermediário, ou algo do tipo. Anyway, fiz o teste e mesmo tendo achado que foi muito fácil, acabei ficando no nível high intermediate (um nível antes do avançado), o que me mostrou que meu forte é a conversação, mas que preciso melhorar a escuta e escrita. De toda forma, pude escolher fazer o inglês pra business. Como ficou faltando entregar um documento, eles me liberaram e disseram pra eu voltar na terça pra saber meu horário e começar as aulas.

Como todo mundo sabe que tou tentando manter uma dieta saudável aqui (dentro do possível), procurei almoçar em um lugar com comidas mais lights, o Pret a Manger, que pelo que vi dos comentários da foto que coloquei no Facebook, é bem famosinho. Comi um sanduíche frio de frango defumado com queijo branco e um leite delicioso. Depois de passar a tarde na escola, fui me encontrar com minha prima na escola dela pra jantarmos e irmos fazer compras na Century 21. Jantamos numa pizzaria de esquina que tinha na rua da escola dela, que a fatia era tão grande que enchia na metade, mas valeu a pena sair da dieta, porque era uma delícia. Depois pegamos o metrô em direção a South Ferry pra ir pra a loja (que fica bem pertinho do memorial 9/11 do World Trade Center).

Almoço no Pret a Manger

A loja realmente é de enlouquecer qualquer cristão que tenha 10 dólares sobrando na carteira, é tudo de marca boa (a maioria das coisas), de estilistas famosos mesmo, sendo que de coleções passadas, por isso fica tudo tão barato. Algumas marcas são desconhecidas pra mim (acho que são daqui), mas mesmo assim você acha muita coisa legal de todas as marcas. Comprei 3 óculos de sol (1 da Ray Ban, 1 da Lacoste e 1 da Diane von Furstenberg) que juntos ficaram mais baratos do que um que eu queria comprar no free shop. Comprei 2 blusinhas, uma carteira e presentinhos pra mainha e pra Rosinha. Passamos tanto tempo olhando as coisas da loja que saímos quando fechou. Fomos literalmente expulsas! Hehehe.

DVF, Ray Ban e Lacoste: 3 pelo preço de 1

Depois disso, pegamos cada uma suas linhas (eu pra Upper West Side e Juliana pro Brooklyn), cheguei em casa, tomei um banho e fui dormir pra começar as aulas de fato no outro dia.

Anúncios